narrativa evento

Como criar uma narrativa cativante para o evento da sua empresa

Views: 7604

The complete platform for all your events

Book a Meeting
Posted on September 25, 2019

Após cuidar dos primeiros passos da gestão de eventos corporativos, vem a segunda parte do processo: o marketing. O organizador de eventos precisa divulgar a ação para clientes ou profissionais estratégicos do mercado e precisa fazer com que seu evento seja atraente numa multidão. Mas, como fazer isso?

Uma das partes mais importantes desse processo é criar uma narrativa que conquiste a atenção das pessoas para a sua marca e para o evento como um todo. Com técnicas de storytelling para eventos, é possível ter as ferramentas para construir um bom enredo que será compartilhado nos seus canais de comunicação. Usando a criatividade, é possível criar uma campanha que gere engajamento orgânico (o velho boca a boca), cenário ideal para impulsionar a divulgação do seu evento.

Além de ser um reforço de marca, essa ação pode ajudar a alavancar a venda de ingressos e a divulgação da sua empresa como um todo. Já imaginou?

Confira a seguir 5 dicas para criar uma narrativa cativante para o seu evento e sua empresa.

1. Estruturando a narrativa

O storytelling para eventos nada mais é do que um conjunto de técnicas apropriadas da narrativa que visa a criar uma história que cative os convidados ou pagantes de ingressos. Tanto criar uma história (story) quanto o modo de contá-la (telling) fazem parte desse processo.

Os elementos essenciais dessa narrativa constituem-se em início, desenvolvimento e conclusão da história.

Vale reforçar que uma narrativa completa possui muitos outros elementos, mas aqui nos importa justamente a estrutura básica da narrativa. É essa estrutura que vai ajudar a contextualizar objetivamente a história da empresa, do produto anunciado ou do próprio evento.

Essa construção passa por processos como a criação de um enredo, a contextualização do espaço e, claro, dos personagens dessa história. Pronto para entender cada um desses pontos?

  • ENREDO

A narrativa do seu evento não precisa ser complexa. Ainda mais se houve poucas edições. A estrutura básica da narrativa de um evento passa por rememorar o melhor das edições anteriores: comprovando ser um evento que se mantém no mercado e cativando o público com aquilo que vem por aí.

Note que, mesmo uma ideia simples é estruturada por um início, um meio e um final. Use esse encadeamento para criar uma bela história que começa com o nascimento de uma grande ideia, passa pelo encontro de pessoas, pelo trabalho árduo, para, enfim, a realização de um sonho.

Agora, se a ideia for criar uma narrativa para a sua marca, para compor a divulgação do evento, fique atento para estes detalhes:

  • Crie um ponto de partida para a sua narrativa. Comece com o nascimento de um sonho, por exemplo. Aborde o encontro dos protagonistas dessa narrativa.
  • Você pode se apropriar dessa técnica para criar também a narrativa do produto ou até da indústria onde o produto e sua marca se inserem. Por exemplo, para contar a história de uma tecnologia para a agricultura, pode ser interessante começar contando a história da própria agricultura. No final, essa tecnologia pode ser apresentada como o que há de mais inovador neste mercado, mostrando como a agricultura evoluiu e hoje está ultra tecnificada. Não tenha medo de dar asas à sua imaginação.
  • E, tão importante quanto cativar o público desde o começo, é criar uma situação conflito. Deixe claro que o desenvolvimento desta história passa por desafios a serem superados e envolve um trabalho árduo. O conflito não pode parecer fácil demais, deve ser um conflito que gere a identificação do público. Superar o conflito pode ser uma mensagem de motivação.
  • Por fim, apresente a solução desse conflito em um final feliz. Lembre-se que estamos falando de um evento!

Se a história do seu evento capturar o público, as chances de vender mais ingressos são altas. Ou, então, de obter mais confirmações de presença. Afinal, um dos objetivos do storytelling é cativar. Mas isso é assunto para outro tópico, que explicaremos adiante.

  • ESPAÇO

Independentemente da história, é importante também criar uma ambientação para ela. Considere as seguintes perguntas: Onde a história nasceu? Destacar o lugar do primeiro evento, ou a cidade natal dos protagonistas pode ser uma chance a mais para chamar a atenção e gerar identificação do público com a narrativa do seu evento e marca.

  • PERSONAGENS

Quem é o dono da sua história? O CEO da empresa? O evento em si? Independentemente da resposta, você pode usar de entrevistas para entender a fundo quais pontos dessa narrativa você pode explorar. Consulte sua equipe de marketing para entender como o evento foi idealizado, por exemplo. No caso do CEO, tente tirar informações que não estão em canais públicos ou entrevistas. Traga ao seu público uma história inédita.


2. Crie uma jornada para a sua história

A Jornada do Herói, ou monomito, é um conceito de jornada cíclica presente nos mitos gregos, e foi cunhado pelo antropólogo Joseph Campbell. Ele é composto por 12 etapas para estruturar a narrativa de um personagem específico. Inspire-se nas etapas “a provação” e “a recompensa” para trilhar a história do seu personagem, seja ele o seu cliente, um palestrante ou, como é mais comum, o CEO da empresa e seus sócios. Essas etapas servem para detalhar o conflito (provação) e a solução de problemas (a recompensa, o final feliz).


3. Emocione o público

De nada adianta ter uma história completa se ela não é capaz de cativar o público. Por cativar, entenda: gerar identificação. É necessário fazer com que seu cliente e convidado se identifiquem com a narrativa. Se for preparar um vídeo teaser, use de artifícios como a trilha sonora e efeitos de luz para ajudar a gerar a emoção do espectador. Esses elementos – aliados a uma história realmente bem contada e interessante – fazem toda a diferença.


4. Invista em teasers!

Agora que vimos como construir uma narrativa para o seu evento, é hora da segunda parte. O “como contá-la”, no marketing, envolve o desenvolvimento de materiais em diferentes formatos que serão divulgados por e-mail e nas redes sociais da empresa.

Você pode considerar contar essa história via texto ou vídeo. Nós recomendamos que você dê uma atenção especial para esse último:

Uma pesquisa de 2017 mostra que o Youtube é acessado por 95% da população online no Brasil. Esse dado é surpreendente, e mostra como é importante criar uma narrativa em vídeo para alcançar o público desejado. Ele provavelmente está assistindo a um vídeo neste momento.

Use as estratégias citadas nos tópicos anteriores para criar o seu roteiro.

Acrescente elementos como imagens do evento e do local, uma trilha sonora crescente e emocionante, histórias reais e inspiradoras de quem faz parte dessa narrativa. Deixe o personagem falar, quando possível.

Divulgue seu vídeo em suas redes sociais e em campanhas de email marketing e veja a mágica acontecer.

Pronto para criar a narrativa perfeita para o seu evento corporativo? Veja também o nosso ebook:

criatividade em eventos
[hubspot portal=”5958648″ id=”5301f3e9-4597-497c-b2ed-bfd694541e55″ type=”form”]
WebManager
© InEvent, Inc. 2024